Fale de tudo que tenha a ver com manga e anime!


    Cimeira com países africanos um êxito, crise alimentar uma d

    Compartilhe

    Nessi
    Zero Louise
    Zero Louise

    Feminino
    Número de Mensagens : 2099
    Idade : 20
    Onde Vive : Porto (: Teh awesome land of doom
    Humor : Muito :D
    Ocupação : /: Não fazer nada acho eu
    Data de inscrição : 16/12/2007

    Ficha de Personagem
    Personalidade da Personagem:
    História da Personagem:
    Sexo da Personagems: Feminino

    Cimeira com países africanos um êxito, crise alimentar uma d

    Mensagem por Nessi em Sab Maio 31, 2008 3:36 pm

    Toquio, Japão 30/05/2008 15:52 (AFP)

    Temas: Economia, Negócios e Finanças, Política, Crises
    Yokohama, Japão, 30 Mai (Lusa) - Os dirigentes africanos consideraram hoje um êxito a cimeira Japão-África de Tóquio, onde o primeiro-ministro japonês, se comprometeu a colocar a crise alimentar mundial entre as prioridades da cimeira do G8 de Tóquio, em Julho.

    "A TICAD correu muito bem. É o sentimento geral dos dirigentes africanos", afirmou Jakaya Kikwete, Presidente da Tanzânia e chefe em exercício da União Africana (UA), no encerramento da conferência internacional de Tóquio sobre o desenvolvimento em África (TICAD).

    Cinquenta e dois chefes de Estado, de governo, vice-presidentes e e ministros que representam todos os países africanos, excepto a Somália, participaram nesta conferência organizada pelo Japão, pelo Banco Mundial e pela ONU.

    "África apresentou os seus argumentos durante esta cimeira e encontrámos no Japão um parceiro pronto a ouvir e trabalhar connosco", explicou Kikwete.

    Considerou "reconfortante" que seja o Japão a presidir no início de Julho à cimeira do G8 (grupo dos sete países mais industrializados - Alemanha, França, Itália, Reino Unido, Canadá, Estados Unidos - e a Rússia).

    "Uma das questões a discutir será (…) os problemas de África e as propostas saídas desta cimeira serão também apresentadas na cimeira do G8", disse Kikwete.

    "Vou dar o máximo para responder a estas expectativas", prometeu Yasuo Fukuda.

    Primeira emergência, encontrar soluções rápidas para a crise alimentar mundial, que atinge particularmente África.

    A longo prazo, o Japão e países africanos sublinharam que "o aumento da produção alimentar como da produtividade agrícola" era "crucial" para o continente, num "plano de acção" adoptado no encerramento da cimeira.

    Os países africanos reiteraram o compromisso em "melhorar a produtividade agrícola" em 6 por cento ao ano até 2015 e "consagrar no mínimo 10 por cento dos recursos orçamentais de cada país à agricultura".

    O Japão tinha anunciado quarta-feira que ajudaria África a duplicar a produção de arrox no prazo de dez anos.

    Na TICAD ficou também decidido "alargar as superfícies irrigadas em 20 por cento num período de cinco anos".

    Numa distinta "declaração de Yokohama", Japão e África congratularam-se pela "estabilidade política acrescida e melhor governo (do continente), apoiados por um crescimento económico forte e investimentos directos estrangeiros em constante aumento".

    "Perspectivas em precedentes para África" abrem-se para um "crescimento económico real e durável" que permita reduzir a pobreza, refere o documento.

    O Japão comprometeu-se a apoiar os investimentos das empresas nipónicas que pretendam instalar-se em África.

    Tóquio atrasou-se em relação à China que investe maciçamente no continente, num contexto de competição internacional pelo acesso aos recursos naturais africanos.

    O primeiro-ministro japonês aproveitou os encontros bilaterais mantidos à margem da cimeira para lembrar aos dirigentes africanos a candidatura de Tóquio a um lugar permanente no Conselho de Segurança da ONU.

    As organizações não governamentais (ONG) presentes em Yokohama consideraram que a cimeira não tinha "correspondido às expectativas" e que o Japão tinha ainda "muito trabalho" a fazer enquanto presidente do G8 para satisfazer as esperanças africanas.

    "A ameaça de uma catástrofe alimentar em África precisa acções imediatas", sublinharam em comunicado.



    EJ.

    Lusa/Fim

    in http://www.lusa.pt/lusaweb/user/showitem?service=310&listid=NewsList310&listpage=1&docid=8386547


    _________________

    .Join the Dollars.
    Password: Baccano

      Tópicos similares

      -

      Data/hora atual: Qua Dez 07, 2016 11:14 am